19 de out de 2011

Quem me segura?

     Por mais que eu tente, estou presa!!!
     Minha mente, não! Penso em mil coisas, planejo, conjecturo, acho soluções.... mas meus dias têm se passado em vão. Detesto esta sensação de que alguém me prende. E o pior é que eu não consigo nem pedir socorro!!!
     Estou brigando com todo mundo, não tenho paciência pra nada, não consigo nem trabalhar direito....
     Esta semana recebi inúmeros elogios sobre o rendimento dos meus alunos, o que significa que o meu trabalho é bom, mas não consegui sentir aquele orgulho bacana, aquela coisa "sou boa".... Ainda tenho um nó na garganta, algo que me amarra, uma vontade contida de chorar, de sair correndo pela rua debaixo de chuva (eu odeio chuva).
     Socorro! Alguém aí pode dispensar 5 minutos e rezar pra mim?


2 comentários:

  1. Cedo ou tarde você vai perceber, se é que já não percebeu, que a única pessoa que te prende e que se põe em seu caminho é você mesma.

    ResponderExcluir
  2. " Na profissão de educador,como estudante ou na vida pessoal pessoal, tem horas que parece que está faltando alguma coisa, as vezes o caminho que escolhemos pode não parecer o certo...mas nesta hora é preciso ter calma, por mais difícil que pareça, esquecer o que aborrece, procurar os amigos e desabafar, sair, limpar a mente, é bom... e perceber a importância que se tem na vida de quem nos ama, família,amigos,onde um sincero abraço apertado,ou uma sincera mensagem que ofertado de coração pode transformar um dia complicado...em um dia abençoado...a vida é assim...complicada, mas sempre depois da tempestade...sempre vai brilhar um novo dia. abraço cata....sucesso...felicidade...paz...e muitas alegrias no seu coração.

    ResponderExcluir

Gostaria de saber o que você achou deste texto. Sua opinião é muito importante!
Se puder, se identifique!