7 de out de 2011

Desde quando?

     Sabe quando temos a impressão de que conhecemos alguém há encarnações?
     Tenho uma amiga que é assim. É tudo tão estranho que ela já me perguntou:
      -- Ô véi, porque que ocê gosta de mim?
     Mineirismos à parte, a sinceridade e a confusão dela fizeram com que eu parasse e, por alguns instantes, pensasse sobre a questão. Não achei os motivos, mas constatei que tenho uma relação muito íntima com esta pessoa. Me sinto como uma irmã mais velha, mas não só isso. Tenho a sensação de que estamos juntas a tanto tempo, que posso me abrir por completo com ela, posso falar das minhas fraquezas e medos, sem medo de que isso possa ser usado contra mim um dia..... É muito estranho....
     Hoje temos um projeto juntas. Junto à ideia veio a certeza de que tudo dará certo. Vamos crescer juntas, nos apoiando, compartilhando nossas vidas; nossos filhos serão amigos (se ela tiver filhos um dia) e nós nos ajudaremos.
     É Camilla, não sei de você, mas tenho muita certeza de que já te conhecia antes dessa encarnação! 


4 comentários:

  1. As vezes quando a empatia com alguém que conheço é muito grande, também creio nessa teoria. Minha tia acredita piamente, mas eu, como não sigo religião alguma, sempre fico um um pé atrás. Todavia as vezes coincidências demais acontecem.

    ResponderExcluir
  2. " Oi Cata, que bom que está de volta, que bom que a vida sempre nos encanta, através de amigos verdadeiros que podemos contar no nosso dia a dia...também tenho amigos que parecem anjos na minha vida, abençoados os amigos verdadeiros que iluminam os caminhos que passamos...abraço cata e continue a brilhar com o Letras da cata.

    ResponderExcluir
  3. Edu e Rodrigo,
    obrigada por nunca terem me deixado!!!
    Esse período de abstinência de blog foi duro, mas necessário. Agora estou de volta, e espero não precisar me ausentar mais.
    BJOS!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Cata,

    É impressionante essa sensação, já passei por isso.Fico confusa quando o assunto é este, mas não deixa de ser interessante.

    ResponderExcluir

Gostaria de saber o que você achou deste texto. Sua opinião é muito importante!
Se puder, se identifique!